Detalhes do documento

Número: 80/2017
Assunto: Ofício-Circular 76/2017 (Unidades Judiciárias Estatizadas aptas a receber auxílio no procedimento de digitalização de processos judiciais físicos) c/ juntada de anexo
Data: 07/07/2017
Ementa:
Anexos:  5825410assinado.pdf ;  Anexoof.circ.76.2017.pdf ;
Referências: Não há referências

Documento

Curitiba,5 de julho de 2017 .
Ofício-Circular nº 80/2017
SEI 0014380-59.2017.8.16.6000

 

 

Assunto: Ofício-Circular 76/2017 -(Unidades Judiciárias Estatizadas aptas a receber auxílio no procedimento de digitalização de processos judiciais físicos) c/ juntada de anexo - Lista Ordem de Prioridade

 

Senhores Magistrados, Secretários e servidores de Unidades Judiciárias Estatizadas,

 

Pelo decurso dos prazos estabelecidos para a finalização dos trabalhos relacionados à digitalização de processos judiciais físicos, considerando as dificuldades verificadas em algumas Serventias Judiciárias Estatizadas para a fiel execução da medida, esta Corregedoria comunica que, pelo critério da quantidade absoluta de processos físicos em andamento, estabeleceu-se uma lista com aquelas aptas a receberem o apoio nessa atividade (1955012 - doc. anexo), cabendo às referidas Unidades relacionadas apenas escanear os processos e efetuar a remessa desses arquivos à ESEJE/setor de digitalização, que, em seguida, efetuará a quebra dos arquivos recebidos e os inserirá no Projudi, ressalvados os casos pontuais em que a D. Presidência deste E. Tribunal de Justiça determinar atendimento de forma diversa.
Outrossim, solicita-se que as Serventias Judiciárias Estatizadas não direcionem aos expedientes SEI de monitoramento individual de digitalização em trâmite no NEMOC os pedidos de:
a) disponibilização de scanner, porque devem ser efetuados diretamente ao competente Departamento deste Tribunal (DTIC);
b) autorização temporária para servidores realizarem horas extras ou, ainda, de paralisação dos serviços da Secretaria com direcionamento para a digitalização, porque devem ser submetidos à apreciação da D. Presidência deste Tribunal de Justiça.

 

Atenciosamente,

 

ROGÉRIO KANAYAMA
Corregedor-Geral da Justiça